Área Pedagógica

IMG-20170412-WA0029.jpgEquipe Pedagógica Regional da AMEFA Uma estratégia de formação de diretores e Prestação de Serviço na gestão participativa, manutenção da unidade filosófica e metodológica das EFAs de Minas Gerais.

 Para o movimento das Escolas Família Agrícola (EFA), o/a diretor/a pode ser comparado a um maestro. Ambos precisam ser líderes e regerem uma equipe. O primeiro segue a partitura e é responsável pelo andamento e pela dinâmica da música. O segundo administra leis e normas,  cuida da dinâmica escolar, além de gerenciar um processo associativo que é a razão de ser deste modelo educativo. Os dois servem ao público, mas a platéia do Segundo, do/a diretor/a de EFA não se restringe a bater palmas ou vaiar. Ela é formada por uma comunidade que participa da cena educacional, necessita que o ritmo dos trabalhos sejam de tal forma que uma falha individual interfere no coletivo…

Mais do que um administrador que cuida de orçamentos, calendários, vagas e materiais, quem dirige a escola precisa ser um/a educador/a. E isso significa estar ligado/a ao cotidiano da sala de aula, conhecer alunos, professores e pais. Precisa ter uma visão o mais “ilimitada” possível, a fim de movimentar uma instituição que não apenas escolariza, mas que organiza a comunidade, forma lideranças, profissionaliza jovens, capacita adultos, politiza e principalmente, que contrapõe ao modelo de escola que exclui, discrimina, desenraiza geográfica e culturalmente as pessoas…

A AMEFA, como entidade que tem a missão de animar, capacitar, coordenar e representar os interesses das EFAs em Minas Gerais, seguindo o exemplo das demais organizações que congregam as Escolas que adotam a Pedagogia da Alternância no Brasil e no  mundo, tem um tipo de serviço que é prestado pela  Equipe Pedagogia Regional- EPR. Esta é formada por todos/as os/as diretores/as de EFAs do Estado.

A EPR se reúne três vezes ao ano e cada reunião tem uma carga horária de 40 horas sendo 08 horas para a reunião da EPR, que trata de temáticas de cunho mais associativo, filosófico e do conjunto das EFAs e 32 horas são destinadas ao processo de formação que está organizadaem um Planode Formação dividido em eixos 4 temáticos: 1) Gestão econômica e financeira; 2) Gestão de Recursos Humanos; 3) Gestão Pedagógica e 4) Gestão associativa e institucional.

A cada sessão de formação são trabalhadas temáticas relativas aos eixos citados acima. Dependendo da carga horária necessária e da necessidade de aprofundamento, prioriza o(s) conteúdos dentro de determinado eixo, não sendo, necessariamente trabalhar conteúdos de todos os eixos em cada sessão de formação.

Com a formação e as discussões feitas pela EPR visa-se aprofundar as questões pedagógicas e fortalecer a prática a ser desenvolvida nas EFA´s, promover espaço de reflexão e aprofundamento da Pedagogia da Alternância, fortalecer as EFA´s  na aplicação dos seus instrumentos pedagógicos, promover a formação permanente das equipes com a ajuda  de assessores externos e internos  do movimento, a fim de que esta possa contribuir no acompanhamento das formações dos monitores, das famílias, dos jovens e dos dirigentes das associações/EFAs.

A unidade filosófica e metodológica dos/as diretores/as do conjunto das EFAs no Estado tem, estrategicamente a missão de ajudar a acompanhar a implantação de  outras EFA´s no Estado, contribuir no estabelecimento de critérios de  filiação à AMEFA, bem como contribuir na produção de  material didático-pedagógico; permitir a participação dos membros da EPR em nível regional em eventos e instituições e também acompanhar,monitorar, avaliar a execução das atividades inerentes à EPR , no sentido de manter a unidade e os princípios institucionais, garantindo a execução do que foi planejado dentro do coletivo.

Como resultado desta ação e deste serviço prestado pela EPR, percebe-se uma maior harmonia entre as EFAs, de forma a evidenciar atitudes solidárias de umas com as outras, em níveis pedagógico, administrativo e associativo.

A AMEFA deposita na EPR a esperança e a crença de um salto de qualidade ainda maior no nível de atendimento aos educandos e seus familiares no interior das EFAs.

 Neste ano de2011, aestratégia é retomar estas reuniões da EPR com a periodicidade citada acima, mas regionalmente, os/as diretores/as das EFAs da Zona da Mata e do Jequitinhonha já se reúnem frequentemente, numa articulação com os assessores regionais da AMEFA nestas duas localidades.


[1] Ex-aluno, ex-monitor e ex-diretor de EFA – atual Coordenador Pedagógico e Secretário Executivo da AMEFA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: